As 5.205 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Noite de saudade

Florbela Espanca / Marco André
Repertório de Marco Oliveira

A noite vem poisando devagar
Sobre a terra que inunda de amargura
E nem sequer a bênção do luar
A quis tornar divinamente pura

Ninguém vem atrás dela a acompanhar
A sua dor que é cheia de tortura
E eu oiço a noite imensa soluçar
E eu oiço soluçar a noite escura

Porque és assim tão escura, assim tão triste?
É que talvez, oh noite, em ti existe
Uma saudade igual à que eu contenho

Saudade que eu sei donde me vem
Talvez de ti, oh noite, ou de ninguém
Que eu nunca sei quem sou nem o que tenho