As 5.205 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Quimeras à solta

Manuel Carvalho / Alfredo Duarte
Repertório de Joaquim Brandão 

Senti hoje a tal revolta
Ao ver ilusões à solta
Pelas ruas da cidade
É revolta que se sente
Quando no peito da gente
Já não cabe mais saudade

Vivo cansado a sonhar
Já não tenho dor p’ra dar / Ao desejo que m’enleia
Morro nesta ansiedade
À procura da verdade / Com sonhos feitos d’areia

Esta angustia que me mata
Vai vencendo quando ataca / O que penso de mim mesmo
Pois só encontro a verdade
Pelas ruas da cidade / A matar sonhos a esmo

Assim vai a vida embora
Os sonhos ficam lá fora / À espera do fado norte
Viver a vida a preceito
Toda a gente tem direito / Mas é preciso ter sorte